Tens Consciência?

“Porém, se todos profetizarem, e entrar algum incrédulo ou indouto, é ele por todos convencido e por todos julgado; tornam-se-lhe manifestos os segredos do coração, e, assim, prostando-se com a face em terra, adorará a Deus, testemunhando que Deus está, de fato, no meio de vós.” 1 Co 14:24,25

“Daqui em diante os cultos não serão mais realizados em latim, mas em inglês, começando com a minha coroação. Como meu povo poderá entender o poder da oração se não entender seu significado?”

A fala acima pertence à rainha Elizabeth I e foi proferida durante a sua cerimônia de coroação. Mas que ligação tem essa frase com a passagem bíblica que introduz esse devocional? A resposta pode ser dada em uma palavra: consciência. Porém, consciência de que ou de quem? Vejamos.

Em sua primeira carta à igreja da cidade de Corinto, na Grécia, o apóstolo Paulo exorta os fiéis à abandonarem as práticas religiosas e imorais contrárias aos desígnios de Deus manifestos nas Escrituras. Indo além, Paulo os aconselha, também, a terem mais amor e zelo pela vida espiritual para que, com isso, oferecessem um bom testemunho de vida aos incrédulos de até então.

O apóstolo se preocupava, sobretudo, que os habitantes daquela cidade, graças à pregação da sã doutrina, tivessem consciência da obra salvadora de Jesus Cristo, pois o significado da morte e ressurreição de Jesus era, ainda, algo totalmente novo. Por conta da falta de consciência da imensurável graça advinda do sacrifício de Cristo as pessoas praticavam, em sua maior parte, um falso cristianismo, centrado nos prazeres terrenos e no culto à personalidade; o amor fraterno e a misericórdia eram deixados de lado e oferecia-se um culto sincrético e vazio de adoração ao único e verdadeiro Deus.

Isso, como é de se esperar, influenciava diretamente as relações pessoais: foram relatadas brigas, dissensões, orgias, assassinatos e fragmentação de comunidades por conta do egoísmo que reinava.

A lição que nos fica é essa: onde não há a centralidade em Jesus, onde não há a consciência que traz à tona a miséria do homem e sua dependência da soberana graça, entrará em cena as feras que em nós habitam.

Tens consciência disso?

Leave a Reply

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful