Vida de Missionário Urbano

Esqueça tudo o que você já ouviu falar sobre missões.
Neste artigo, quero lhe fazer refletir um pouco, a respeito da sua missão. Para isso, vou usar a experiência que estou tendo, como exemplo.
Tenho certeza de que você já se pegou imaginando uma vida missionária, e como seria se você estivesse trabalhando em um campo.

Isso é normal na vida de todo cristão, querer se dedicar de uma maneira profunda e intensa à missão de levar a Palavra de Deus aos que anseiam por ela.
Mas o que você entende como Missão!?

Durante minha caminhada junto a Cristo, sempre escutei pessoas falarem sobre missões, desejarem missões, vi amigos viajarem para campos missionários.
Nesse tempo, foi crescendo em meu coração o desejo de dedicar minha vida à propagação do Evangelho. Mas confesso que não entendia muito bem, essa proposta de largar tudo e entrar em um campo missionário sem saber o que me aguardava por lá.
Tenho comigo, que um missionário deve entender precisamente a missão que Cristo nos deixa em Mateus 28.18-20.

A missão que Cristo nos deixa, é simples e direta:
Ensinar a pura Verdade;
Ensinar a obedecer essa Verdade;
Ensinar a Ensinar a Verdade.
E por fim, ter a compreensão de que Cristo está conosco durante todo o trabalho.

Hoje estou em uma missão localizada em uma comunidade muito carente, onde pessoas que quase não possuem renda, seguidamente nos procuram pedindo alimentos, roupas, remédios, etc. Trabalhamos com crianças e adultos que possuem histórias de vida que muitas vezes chegam a me fazer pensar se realmente passo por alguma dificuldade real. Cada pessoa carrega em si, uma enorme carência, não só de mantimentos ou atenção, mas de Cristo. Elas nos veem como exemplos em meio à tanta tristeza! Desde que vim para cá, tenho aprendido cada vez mais o que realmente significa ser sal e luz.

Em meio ao tráfico, prostituição, e desprezo, somos uma espécie de porto seguro, onde as pessoas podem fugir da sua própria realidade e ter esperança em Cristo.
Ser missionário é muito mais que doar suporte físico, é doar suporte espiritual.

Ser missionário é entender que a dor das pessoas não pode ser suprida com ajuda física, ou emocional, mas com Cristo.
Nesse tempo tenho aprendido que toda a Missão é válida, desde que o foco Seja trazer pessoas para Cristo.
Você pode fazer missão na sua cidade, ou pode ir para outro país, desde que o alvo seja apresentar o único que pode suprir qualquer dificuldade e salva aqueles que tanto anseiam por justiça.

É necessário que todo missionário entenda que qualquer ação que ele possa realizar, não mudará nada na vida de uma pessoa. A pessoa pode conseguir um emprego, sair de uma situação de risco, conquistar uma posição de sucesso, tudo isso através do que você fez. Mas se você não apresentar Jesus Cristo, você não prestou nenhuma ajuda.
Todo missionário deve estar atento a soberba, pois ela sempre tenta invadir nossa mente em meio às atividades que realizamos.

Mesmo sabendo que a comunidade pobre não possui nenhuma forma de retribuir, muitas vezes queremos reconhecimento por aquilo que fazemos. Eu vi muitos fazerem isso, e isso me desanimou.

Mas é necessário entender que estamos trabalhando com pessoas, e somos pessoas. Somos falhos. Por isso eu dou ênfase, o motivo da Missão, deve ser Cristo e não, o serviço que podemos prestar.
A vida de um missionário é movida por amor e motivação, emoção e suporte, Cristo e a Cruz.

Tudo é propósito!
Por: Felipe Cardoso

Postagens Relacionadas

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful