Ministério Reformai
Publicidade:
Home | Confiando a Cristo os Nossos Pecados

Confiando a Cristo os Nossos Pecados

“E dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.”
(Mateus 1:21)

“E bem sabeis que ele se manifestou para tirar os nossos pecados; e nele não há pecado. Qualquer que permanece nele não peca; qualquer que peca não o viu nem o conheceu.”
(1 João 3:5-6)

O pecado é a causa da nossa miséria. É o pecado que provocou Deus trazendo a Sua maldição ao homem. Ele odeia o pecado com um perfeito ódio [Sl 5:5] e tudo fará para erradicá-lo. É para justamente tirar o pecado que Deus deu o Seu Filho – que Jesus se deu a si mesmo. É Deus quem nos liberta. Não apenas livre da punição, maldição, inquietação e terror, mas também livre do próprio pecado. Ele foi manifestado para tirar os nossos pecados [1 Jo 3:5], vamos cravar essa verdade nas profundezas de nossos corações – é Deus quem tira os nossos pecados. Quanto melhor entendermos isso, mais abençoada será a nossa vida.

Não são de todos essa graça [2 Ts 3:2]. Há homens que procuram principalmente se libertar das consequências do pecado, do medo e das trevas; e a punição eterna que o pecado traz. É por essa razão que eles não chegam ao verdadeiro descanso da salvação, pois eles não entendem que ser salvo é ser libertado do pecado. Agarremos, pois, com firmeza em Cristo, Jesus salva através da remoção do pecado em nós. Então vamos aprender duas coisas a respeito disso:

Primeiro, venha a Jesus Cristo com todos os seus pecados. Agora que você se entregou ao Senhor, não se desanime com o pecado que ainda lhe ataca e governa em seus membros. Não faça esforços por si mesmo para tirar e vencer o pecado baseado unicamente em seus próprios méritos. Traga todos os pecados a Jesus. Ele foi ordenado por Deus para tirar o pecado. Ele trouxe o pecado para a cruz e ali quebrou o seu poder. Esse é o trabalho de Cristo – é o Seu desejo de libertá-lo de seus pecados. Aprenda, pois, sempre vir a Jesus com todos os seus pecados. O pecado é seu inimigo mortal. Se você confessar a Cristo – entregue-se a Ele – você certamente será livre do pecado.

Segundo, creia nisso com toda firmeza. Entenda que o próprio Jesus é o Salvador que livra o pecador do pecado. Não é você quem deve vencer o pecado com a ajuda de Jesus, mas é o próprio Cristo – Jesus em você – quem vence o pecado. Se, assim, você for liberto do pecado e gozar a plena salvação, procurará sempre estar em plena comunhão com Jesus. Não espere até entrar na tentação para pedir ajuda dEle, mas deixe sua vida de antemão sempre estar em Cristo. Deixe Sua proximidade ser seu único desejo. Jesus salva do pecado, e ter Jesus é a salvação do pecado. Que preciosidade é entender isso corretamente! A salvação do pecado não é um evento ocasional, mas sim uma bênção através de Jesus, para nós e em nós. Quando Jesus me preenche, quando Jesus é tudo para mim, o pecado não me prende.  “Qualquer [um] que permanece nele não peca” (1 Jo 3:6a).

Sim, o pecado é banido e mantido fora apenas pela presença de Jesus. É o próprio Jesus, através de Sua adoção, Sua presença em mim e a Sua vida em mim, que é a minha salvação do pecado. 

“Senhor precioso, deixe sua luz fluir sobre mim. Que fique claro para a minha alma que Tu és a minha salvação, para Tu estar comigo, em mim, isso mantém o pecado distante. Ensina-me a trazer todo pecado para Ti. Que todo pecado me leve a uma aliança mais próxima Contigo. Então o Teu Nome será verdadeiramente a minha salvação do pecado.”


2019 © Traduzido por Elnatan Rodrigues, revisado por Amanda Martins. Este sermão tem por título original no inglês de “A Savior From Sin by Andrew Murray”.

Andrew Murray

Andrew Murray

Andrew Murray (1828-1917) foi escritor e pregador na África do Sul, além de ministro de Deus na igreja reformada holandesa. Seus escritos são amplamente valiosos para os nossos dias.

Publicidade: