Ministério Reformai
Publicidade:
Home | Infográfico: A Doutrina da Trindade

Infográfico: A Doutrina da Trindade

A Doutrina da Trindade é um dos pilares do cristianismo, todo cristão verdadeiro confessa o Deus Trino das Sagradas Escrituras: O Pai, o Filho e o Espírito Santo. Alguns, por tentar invadir os segredos de Deus, acabam se perdendo em suas loucuras e se aprofundam em sofismas humanos, rejeitando a verdade escriturística como fazem, por exemplo, a seita pseudo-cristã “testemunhas de jeová”.

Em toda História da Igreja a doutrina da Trindade sempre fora tratada com devido zelo, preservando sua veracidade. Até mesmo em meio as trevas, tempos onde a supremacia das Escrituras estava sendo oculta, ainda sim a pureza da Trindade fora mantida. Porém, nos últimos tempos a coroa do cristianismo está sendo negada e rebatida por falácias e controvérsias enganadoras que na busca de uma maior aproximação da razão, ferem a majestade do Deus Trino.

Agostinho de Hipona, em um ensaio entre a fé e a razão diz: “Não queiras entender para crer; crê para que possas entender. Se não crês, não entenderás”. Poderíamos ainda completar Agostinho dizendo: “Ainda que não entendas, contudo, creia”. Pois não temos o direito de rejeitar os Segredos de Deus, uma vez mencionados nas Escrituras, por não termos a graça de entendê-los. Lembro-me de uma história que me foi contada de certo puritano que foi perguntado como ele explicaria a trindade a um leigo, e ele diz: “Se você for capaz de me explicar como em um quarto há três velas acesas, mas somente uma única luz, então poderei lhe explicar o mistério da Trindade”.

Moisés nos diz que “as coisas reveladas nos pertencem para sempre” (Dt 29:29), a Trindade é uma doutrina revelada, devemos acatá-la, defendê-la e ensiná-la, ainda que não possamos atingir o auge de sua compreensão. Isso não significa que não devemos discutir a doutrina, pelo contrário, a teologia experimentada é a melhor de todas as teologias, os pais da Igreja a discutiram, os reformares a discutiram e nós também devemos discuti-la visando a preservação do ensino da Santíssima Trindade.

Para isso, desenvolvemos um infográfico com os principais pontos da Doutrina da Trindade baseado nos comentários de três autores de diferentes épocas que acredito serem excelentes expositores da Doutrina da Trindade em toda sua pureza e veracidade, segundo as Escrituras Sagradas: Agostinho, João Calvino e o Dr. Martyn Lloyd-Jones.

[Deus] em Seu ser Divino e infinito há três subsistências, o Pai, a Palavra ou o Filho, e o Espírito Santo, de uma só substância, poder e eternidade, cada um possuindo completa essência Divina, e ainda assim, a essência é indivisível.

Confissão Batista de 1689. Capitulo 2, verso 3

Esperamos que este material seja de uso útil a toda Igreja de Deus, em especial a professores de escolas bíblicas, seminários, institutos bíblicos e até mesmo pequenos grupos de estudo bíblico. O infográfico foi desenvolvido pensando no uso em dispositivos móveis. Você tem a permissão de compartilhar o material em seu formato original e não o use para fins lucrativos, consulte a Página de Permissões.




2019 © Design e Diagramação por Elnatan Rodrigues, revisão por Amanda Martins. Para o uso correto deste recursos visite nossa página de permissões.

João Calvino

João Calvino

João Calvino (1509-1564) foi um teólogo francês e pastor em Genebra. Calvino é considerado um dos maiores expositores bíblicos da era cristã e sua influência e legado ao cristianismo é incalculável.

Martyn Lloyd-Jones

Martyn Lloyd-Jones

David Martyn Lloyd-Jones (1899-1981) foi teólogo e ministro calvinista, influente na ala reformada do movimento evangélico britânico no século 20. É considerado um dos maiores pregadores protestantes.

Publicidade:

Assuntos: