Reformai
Publicidade:
Tesouros do Evangelho
Home | Tesouros do Evangelho

Tesouros do Evangelho(14 min de Leitura)

Tenho certeza de que este artigo será lido por alguém que sente que seus pecados ainda não foram perdoados. Leitor, você é este homem/mulher?

O desejo e a oração do meu coração a Deus é que você possa buscar o perdão sem demora. Há perdão em Jesus Cristo para cada um que deseja recebê-lo. Há todo encorajamento de que sua alma pode precisar, para confessar seus pecados e se apegar a este perdão hoje mesmo.

Leitor, ouça-me enquanto tento mostrar a você o tesouro do perdão do Evangelho. Não posso descrever sua plenitude como deveria. Suas riquezas são realmente insondáveis ​​(Ef. 3:8). Mas se você se afastar dEle, você não será capaz de dizer no Grande Dia que você não sabia o que era.

Publicidade:

Considere, então, por um lado, que o perdão apresentado a você é um grande e amplo perdão. Ouça o que o próprio Príncipe da Paz declara:

Na verdade vos digo que todos os pecados serão perdoados aos filhos dos homens, e toda a sorte de blasfêmias, com que blasfemarem.

Marcos 3:28

Embora os seus pecados sejam como a escarlate, eles se tornarão brancos como a neve; embora sejam vermelhos como o carmesim, eles serão como a lã.

Isaías 1:18

Sim! Embora suas ofensas sejam mais numerosas, mais do que os cabelos de sua cabeça, do que as estrelas no céu, do que as folhas da floresta, do que as folhas de grama, do que os grãos de areia na praia, ainda assim, todos podem ser perdoados. Assim como as águas do dilúvio de Noé cobriram e esconderam o topo das colinas mais altas, o sangue de Jesus pode cobrir e esconder seus pecados mais poderosos. Seu sangue purifica de todo pecado (1 João 1:7). Embora para você pareçam escritos com a ponta de um diamante, todos eles podem ser apagados do livro da memória de Deus por aquele sangue precioso. Paulo cita uma longa lista de abominações que os coríntios cometeram, e então diz:

E é o que alguns têm sido; mas haveis sido lavados…

1 Coríntios 6:11

Há Perdão Perfeito no Evangelho

Além disso, é um perdão total e completo. Não é como o perdão de Davi a Absalão – uma permissão para voltar para casa, mas não uma restauração completa ao favor (2 Sm 14:24). Não é, como alguns imaginam, um mero soltar e deixar em paz. É um perdão tão completo que aquele que o possui é considerado justo como se nunca tivesse pecado. Suas iniquidades são apagadas. Eles são removidos dele até o leste do oeste (Salmo 103:12). Não resta nenhuma condenação. 

Publicidade:

O Pai o vê unido a Cristo e fica satisfeito. O Filho o contempla vestido com a Sua própria justiça e diz: “Vós sois todos formosos … não há mancha em vós” (Cânticos 4, 7). Bendito seja Deus por isso. Eu realmente acredito que se o melhor homem, dentre nós, tivesse apenas uma única mancha para ser apagada, ainda sim ele perderia a vida eterna. Se o filho mais sagrado de toda posteridade de Adão estivesse diante os portões celestiais e para entrar dependesse de si mesmo, tenho certeza de que ele nunca entraria no Reino. Se Noé, Daniel e Jó tivessem apenas um dia de pecado para lavar, eles nunca teriam sido salvos. Louvado seja Deus porque, em matéria de perdão, nada resta para o homem fazer. Jesus faz tudo, e o homem só tem que estender a mão vazia e receber.

Há Perdão Gratuito no Evangelho

Além disso, é um perdão gratuito e incondicional. Não está condicionado com um “se”, como o perdão de Salomão a Adonias: “Se ele se mostrar um homem digno” (1 Reis 1:52). Nem ainda você é obrigado a carregar um preço em suas mãos, ou trazer uma testemunha com você para provar que merece misericórdia. Jesus requer apenas um caráter, que é que você se sinta um homem pecador e mau. Ele o convida a “comprar vinho e leite sem dinheiro e sem preço” (Is 55:1), e declara:

E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida.

Apocalipse 22:17

Como Davi na caverna de Adulão, Ele recebe todos os que se sentem em angústia e devedores, e não rejeita nenhum (1 Sm 22:2). Você é um pecador? Você quer um Salvador? Então venha a Jesus como você está, e sua alma viverá.

Publicidade:

Há Perdão para Todos no Evangelho

Novamente, é um perdão oferecido. Eu li sobre reis deste mundo que não sabiam como mostrar misericórdia – sobre Henrique VIII da Inglaterra, que não poupou nem homem, nem mulher; de James V da Escócia, que nunca mostraria favor a um Douglas. O Rei dos reis não é como eles. Ele chama o homem para vir a Ele e ser perdoado.

A vós, ó homens, clamo; e a minha voz se dirige aos filhos dos homens.

Provérbios 8:4

Ó VÓS, todos os que tendes sede, vinde às águas…

Isaías 55:1

Se alguém tem sede, venha a mim, e beba.

João 7:37

Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.

Mateus 11:28

Oh, leitor, já deveria ser um grande conforto para você e para mim ouvir acerca de perdão; mas ouvir o próprio Jesus nos convidando, ver o próprio Jesus estendendo a mão para nós – o Salvador buscando o pecador antes que o pecador busque o Salvador – isso é encorajamento, é um grande e perfeito consolo, de fato!

Há Perdão Voluntário no Evangelho

Novamente, é um perdão voluntário. Já ouvi falar de perdões concedidos a um longo pedido e obtidos por muita importunação. O rei Eduardo III da Inglaterra não pouparia os cidadãos de Calais até que eles viessem a ele com cabrestos em volta do pescoço, e sua própria rainha intercedeu por eles de joelhos. Mas Jesus é “és bom, e pronto a perdoar” (Salmos 86:5). Ele se deleita na misericórdia (Miquéias 7:18).

Publicidade:

O julgamento é Sua estranha obra (Is 28:21). Ele não deseja que ninguém pereça (2 Pedro 3:9). E ele deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade (1 Timóteo 2:4). Ele chorou pela Jerusalém incrédula. “Vivo eu”, Ele diz: “Não tenho prazer na morte do ímpio, mas em que o ímpio se converta do seu caminho, e viva. Convertei-vos, convertei-vos dos vossos maus caminhos; pois, por que razão morrereis, ó casa de Israel?” (Ez 33:11).

Ah, leitor, você e eu podemos muito bem chegar com ousadia ao trono da graça! Aquele que está sentado ali está muito mais disposto e pronto para dar misericórdia do que você e eu para recebê-la.

Há Perdão Experimental no Evangelho

Além disso, é um perdão experimentado. Milhares e dezenas de milhares buscaram o perdão no propiciatório de Cristo, e ninguém jamais voltou para dizer que buscou em vão; pecadores de todos os nomes e nações – pecadores de todos os tipos e descrições, têm batido à porta do redil, e nenhum deles jamais teve sua admissão recusada. Zaqueu o extorsor, a prostituta Madalena, o perseguidor Saul, o Pedro negador de seu Senhor, os judeus que crucificaram o Príncipe da Vida, os atenienses idólatras, os coríntios adúlteros, os africanos ignorantes, os neozelandeses sedentos de sangue – todos se aventuraram nas promessas de perdão de Cristo, e ninguém jamais as viu elas falharem. 

Publicidade:

Ah, leitor, se o caminho que coloquei diante de você fosse um modo novo e não percorrido, você poderia muito bem desconfiar e ter um coração enfraquecido! Mas não é assim. É um caminho antigo. É um caminho percorrido pelos pés de muitos peregrinos, e um caminho em que as pegadas são todas iguais. O tesouro das misericórdias de Cristo nunca foi encontrado vazio. O poço de águas vivas nunca se mostrou seco.

Há Perdão Presente no Evangelho

Ao lado disso, é um perdão presente. Todos os que crêem em Jesus são imediatamente justificados de todas as coisas (Atos 13:38). No mesmo dia em que o filho mais novo voltou para a casa de seu pai, ele estava vestido com a melhor túnica, teve o anel colocado em sua mão e os sapatos em seus pés (Lucas 15). E no mesmo dia em que Zaqueu recebeu Jesus, ele ouviu estas palavras confortáveis: “Neste dia a salvação veio a esta casa” (Lucas 19:9). No mesmo dia em que Davi disse: “Pequei contra o Senhor”, Natã disse a ele: “O Senhor também perdoou o seu pecado” (2 Sam. 12:13). No mesmo dia em que você foge para Cristo, todos os seus pecados são removidos. 

Seu perdão não é algo distante, para ser obtido somente depois de muitos anos. Ele está próximo. Está perto de você, ao seu alcance, tudo pronto para ser concedido. Acreditam, e nesse exato momento é seu. “Quem crê nEle não é condenado” (João 3:18). Não é dito: “ele não será”, mas “não é”. Desde o momento em que ele creu, a condenação acabou. “Aquele que crê no Filho tem vida eterna” (João 3:36). Não é dito, “ele terá” “, mas sim “ele tem”.

Publicidade:

É seu com tanta certeza como se você já estivesse no céu, embora não tão evidentemente aos seus próprios olhos. Ah, leitor, você não deve pensar que o perdão estará mais perto de um crente no dia do julgamento do que estava na hora em que ele acreditou! Sua salvação completa do poder do pecado está a cada ano mais e mais perto dele; mas quanto ao seu perdão e justificação,

Há Perdão Eterno no Evangelho

Por último, e o melhor de tudo, é um perdão eterno. Não é como o perdão de Simei, um perdão que em algum momento pode ser revogado e retirado (1 Reis 2:9). Uma vez justificado, você é justificado para sempre. Uma vez escrito no livro da vida, seu nome nunca será apagado. Diz-se que os pecados dos filhos de Deus são lançados nas profundezas do mar – para serem procurados e não encontrados – para não serem mais lembrados – para serem lançados às costas de Deus (Mq 7:19; Jr 1:20; 31:34; Isaías 38:17).

Algumas pessoas imaginam que podem ser justificados um ano e condenado no próximo – filhos de adoção na primavera e estranhos no inverno – herdeiros do reino no início de seus dias, mas ainda servos do diabo no final. Não consigo encontrar isso na Bíblia. 

Publicidade:

Como o neozelandês disse ao padre romano: “Não vejo isso no livro”. Esse pensamento ataca completamente as boas novas do Evangelho e arranca a paz pela raiz. Eu creio que a salvação que Jesus oferece é uma salvação eterna, e um perdão que, uma vez selado com Seu sangue, nunca será revertido.

Leitor, eu coloquei diante de você a natureza do perdão oferecido a você. Falei pouco sobre isso, pois minhas palavras são mais fracas do que minha vontade. A metade permanece não contada. A grandeza disso é muito mais do que qualquer exposição minha. Mas acho que já disse o suficiente para lhe mostrar que vale a pena procurar o evangelho, e não posso desejar nada melhor para você do que se esforçar para tomá-lo e chamar de seu também.


Citações escriturísticas a partir da Almeida Corrigida Fiel (ACF). 2020 © Traduzido por Elnatan Rodrigues. Para o uso correto deste recurso visite nossa Página de Permissões.

Publicidade:
John Ryle

John Ryle

John C. Ryle (1816-1900) foi bispo da Igreja da Inglaterra, em Liverpool. Conhecido por sua erudição e piedade, Ryle era também um escritor prolífico, um pregador vigoroso e um ministro fiel.

Publicidade:
Publicidade:
  • Como Funciona
        • Classificações

        • Principais Assuntos

        • Encontre

        • Recomendamos

        • Lista de Assuntos

        • Arquivos

        • Busque

          Digite uma palavra-chave…

  • Loja
  • Assine
  • Artigos
  • Assuntos
  • Autores
  • Downloads
  • Podcast
  • Séries
AdBlock Detectado

Parece que você está usando uma extensão de navegador de bloqueio de anúncios. Fazemos uso de publicidade em nossa plataforma para nos ajudar com os custos da plataforma e da nossa equipe. Por favor, insira nosso site na lista de permissão em sua extensão. Você pode assinar um dos nossos planos e ter acesso sem publicidade e muitos outros benefícios.

Seja PremiumMuitos conteúdos exclusivos para você!

Aprofunde-se na Teologia Reformada com conteúdos edificantes e bíblicos! No plano anual você paga menos de R$ 10,00 por mês (33% OFF). Aproveite!

Conteúdo protegido por direito autorais.