Ministério Reformai
Publicidade:

Você Nasceu de Novo?

Você nasceu de novo? Esta é uma das questões mais importantes da vida. Jesus Cristo disse: “Se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus” (João 3: 3). Não basta responder: “Eu pertenço à igreja; suponho que sou cristão”. Milhares de cristãos nominais não mostram nenhum dos sinais de ter nascido de novo, dos quais as Escrituras nos deram – muitos listados na Primeira Epístola de João.

Primeiro de tudo, João escreveu: “Todo aquele que é nascido de Deus não comete pecado” (I João 3: 9). “Todo aquele que é nascido de Deus não peca” (5:18).

Uma pessoa que nasceu de novo, ou regenerada, habitualmente não comete pecado. Ele não mais peca com seu coração e vontade e toda inclinação. Houve provavelmente uma época em que ele não pensou se suas ações eram pecaminosas ou não, e nem sempre se sentia angustiado depois de fazer o mal. Não houve disputa entre ele e o pecado; eles eram amigos. Mas o verdadeiro cristão odeia o pecado, foge dele, luta contra ele, considera sua maior praga, se ressente do fardo de sua presença, lamenta quando cai sob sua influência e anseia por ser completamente liberto dela. O pecado não lhe agrada mais, nem é indiferente a ele; Tornou-se uma coisa horrível que ele odeia. No entanto, ele não pode eliminar sua presença dentro dele.

Se ele dissesse que não tinha pecado, estaria mentindo (1 João 1: 8). Mas ele pode dizer que odeia o pecado e que o grande desejo de sua alma é não cometer pecado de forma alguma. Ele não pode impedir que maus pensamentos entrem em sua mente, ou falhas, omissões e defeitos de apelar tanto em suas palavras quanto em suas ações. Ele sabe que “em muitas coisas ofendemos a todos” (Tiago 3: 2). Mas ele pode verdadeiramente dizer, aos olhos de Deus, que essas coisas lhe causam pesar e tristeza e que toda a sua natureza não consente com elas. O que o apóstolo diria sobre você? Você nasceu de novo? 

Em segundo lugar, João escreveu: “Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo é nascido de Deus” (I João 5: 1).

Um homem que é nascido de novo, ou regenerado, crê que Jesus Cristo é o único Salvador que pode perdoar sua alma, que Ele é a pessoa divina designada por Deus o Pai para este propósito, e além Dele não há Salvador. Em si mesmo, ele não vê nada além de indignidade. Mas ele tem plena confiança em Cristo, e confiando nEle, ele acredita que seus pecados são todos perdoados. Ele acredita que, porque aceitou a obra consumada e a morte de Cristo na cruz, ele é considerado justo aos olhos de Deus, e ele pode aguardar a morte e o julgamento sem alarme.

Ele pode ter medos e dúvidas. Ele pode às vezes dizer que ele se sente como se não tivesse fé alguma. Mas pergunte a ele se ele está disposto a confiar em qualquer coisa em vez de Cristo e ver o que ele dirá. Pergunte-lhe se ele descansará sua esperança de vida eterna em sua própria bondade, suas próprias obras, suas orações, seu ministro ou sua igreja, e ouça sua resposta. O que o apóstolo diria sobre você? Você nasceu de novo? 

Terceiro, João escreveu: “Todo aquele que pratica a justiça é nascido Dele” (I João 2:29).

O homem que é nascido de novo, ou regenerado, é um homem santo. Ele se esforça para viver de acordo com a vontade de Deus, para fazer as coisas que agradam a Deus e para evitar as coisas que Deus odeia. Ele deseja continuamente olhar para Cristo como seu exemplo, bem como seu Salvador, e provar que é amigo de Cristo, fazendo o que quer que Ele comande. Ele sabe que não é perfeito. Ele está dolorosamente ciente de sua corrupção interna. Ele encontra um princípio maligno dentro de si mesmo que constantemente luta contra a graça e tenta afastá-lo de Deus.Mas ele não concorda com isso, embora não possa impedir sua presença.

Embora às vezes ele se sinta tão baixo que ele questione se é cristão ou não, ele poderá dizer com John Newton: “Eu não sou o que devo ser, não sou o que quero ser, eu não sou o que espero estar em outro mundo, mas ainda não sou o que costumava ser e, pela graça de Deus, sou o que sou. “O que o apóstolo diria sobre você? Você nasceu de novo? 

Em quarto lugar, João escreveu: “Sabemos que passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos” (I João 3:14).

Um homem que nasceu de novo tem um amor especial por todos os verdadeiros discípulos de Cristo. Como o seu Pai no céu, ele ama todos os homens com um grande amor geral, mas ele tem um amor especial por aqueles que compartilham sua fé em Cristo. Como seu Senhor e Salvador, ele ama o pior dos pecadores e pode chorar por eles; mas ele tem um amor peculiar por aqueles que são crentes. Ele nunca está tão em casa como quando está na companhia deles.

Ele sente que são todos membros da mesma família. Eles são seus companheiros soldados, lutando contra o mesmo inimigo. Eles são seus companheiros de viagem, viajando pelo mesmo caminho. Ele os entende e eles o entendem. Eles podem ser muito diferentes de si mesmos de várias maneiras – em posição, em posição e em riqueza. Mas aquilo não importa. Eles são filhos e filhas de seu pai e ele não pode deixar de amá-los. O que o apóstolo diria sobre você? Você nasceu de novo? 

Quinto, João escreveu: “O que é nascido de Deus vence o mundo” (I João 5: 4).

Um homem que nasceu de novo não usa a opinião do mundo como seu padrão de certo e errado.Ele não se importa de ir contra os caminhos, idéias e costumes do mundo. O que os homens pensam ou dizem não se refere mais a ele. Ele supera o amor do mundo. Ele não sente prazer em coisas que parecem trazer felicidade para a maioria das pessoas. Para ele, eles parecem tolos e indignos de um ser imortal. 

Ele ama o louvor de Deus mais do que o louvor do homem. Ele teme ofender a Deus mais do que ofender o homem. Não é importante para ele se ele é culpado ou elogiado; Seu primeiro objetivo é agradar a Deus. O que o apóstolo diria sobre você? Você nasceu de novo? 

Em sexto lugar, João escreveu: “Aquele que é gerado de Deus guarda a si mesmo” (I João 5:18).

Um homem que nasceu de novo é cuidadoso com sua própria alma. Ele tenta não apenas evitar o pecado, mas também evitar tudo o que possa levar a ele. Ele é cuidadoso com o negócio que ele mantém. Ele sabe que as más conversações corrompem o coração e que o mal é mais atraente do que o bem, assim como a doença é mais infecciosa do que a saúde. Ele é cuidadoso com o uso de seu tempo; Seu principal desejo é gastá-lo com bem.

Ele deseja viver como um soldado em um país inimigo para usar sua armadura continuamente e estar preparado para a tentação. Ele é diligente para ser um homem vigilante, humilde e cheio de oração. O que o apóstolo diria sobre você? Você nasceu de novo? 

Estas são as seis grandes marcas de um cristão nascido de novo.

Existe uma grande diferença na profundidade e distinção dessas marcas em diferentes pessoas. Em alguns, eles são fracos e dificilmente perceptíveis. Em outros, eles são ousados, claros e inconfundíveis, para que qualquer um possa lê-los. Algumas dessas marcas são mais visíveis que outras em cada indivíduo. Raramente todos são igualmente evidentes em qualquer pessoa. 

Mas ainda assim, depois de cada permissão, aqui encontramos seis marcas corajosamente nascidas de Deus. 

Como devemos reagir a essas coisas? Podemos logicamente chegar a apenas uma conclusão – somente aqueles que nascem de novo têm essas seis características, e aqueles que não têm essas marcas não nascem de novo. Esta parece ser a conclusão a qual o apóstolo pretendia que viéssemos. Você tem essas características? Você nasceu de novo?


Sermão de John C. Ryle “Are You Born Again?” (Você Nasceu de Novo?). 2019 © Traduzido por Elnatan Rodrigues, revisado por Amanda Martins.

John Ryle

John Ryle

John C. Ryle (1816-1900) foi bispo da Igreja da Inglaterra, em Liverpool. Conhecido por sua erudição e piedade, Ryle era também um escritor prolífico, um pregador vigoroso e um ministro fiel.

Publicidade: